quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

No atelier do Dino Alves à procura de um vestido para o dia 31 de Dezembro de 2011


- Gosto muito deste vestido Dino, acho muito bonito, está muito bem feito!
adoro a mistura das cores e o efeito que elas provocam

Dino Alves - usei a cor de carne para dar a sensação de ausência de tecido
e o vermelho que embora seja uma cor que não uso, é uma cor que gosto muito
e que resulta muito bem em vestidos compridos.

- Que materiais usaste Dino? e quantidades?

Dino Alves - o que usei

Cores - vermelho e cor de carne
Materiais - viscose, organza de seda, acetato com viscose
Metros de tecido vermelho - 2 metros e meio 
Metros de tecido cor de carne - 70 centímetros
Metros de tecido para forro em vermelho - 2 metros e meio

Cores das linhas usadas - vermelho e cor de carne
Metros de linha vermelha - 8 a 15 metros
Metros de linha cor de carne - 4 metros

1 fecho de cor de carne de 60 centímetros 

6 colchetes de cor metalizada na gola

- como foi feito este vestido?

Dino Alves - esticamos o tecido numa mesa larga, convém termos mesas largas
para trabalhar os tecidos, o chão também é uma hipótese para vestidos mais volumosos,
o que não é o caso deste que foi esticado na mesa,
depois de esticado o tecido colocamos o molde em cima dele para o 
podermos cortar à medida, 
costumo usar ainda uns pesos de vidro que tenho e que coloco 
em cima do molde para que o tecido não saia do sitio

- E cortas com tesoura?

Dino Alves - sim, sempre com tesoura, e convém ser uma tesoura que
 só seja usada para cortar tecido, porque se a usamos para outras coisas 
a lâmina fica cega e começa a mastigar o tecido.

- Posso passar este vestido a ferro?

Dino Alves - sim, podes, ele amarrota um bocadinho o que 
gosto, pois é o que lhe dá vida quando está a ser usado

- Depois de teres terminado um vestido, este por exemplo,  que está pronto para sair
do atelier, qual era o meio de transporte que gostavas que ele apanhasse?

Dino Alves - gostava muito que fosse a pé se fosse para perto, pois ia a esvoaçar 
pelas ruas de Lisboa, se fosse para longe gostava que apanhasse um avião

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

fui ali ter com o Futre para lhe fazer três perguntas

Primeira pergunta:

 - Foi o Futre que pediu aos chineses para comprarem a EDP?

- Ligaram-me depois de lá... sabes.. que lá sou o embaixador deles
...quem me ligou foi o Ministro da Energia

Segunda pergunta:

- O Futre conhece os chineses que compraram a EDP?

- sim ... o Ministro da Energia.. 
.. sabes... olha.. olha ( mostra-me uma noticia num jornal)
... o Corithians comprou um jogador chinês!!

Terceira pergunta:

- Quantos chineses o Futre conhece?

- sabes... aqui em Portugal... quando encontro um chinês
eles metem-se de joelhos... sabes ... todos os chineses
e dizem Pallo!! Pallo!!


segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

de volta à prisão para entregar uma prenda de Natal ao Duarte Lima






de volta à prisão para entregar uma prenda de Natal ao Duarte Lima, uma árvore!
uma árvore porque ouvi dizer que passou o Natal sozinho, tentei trazer pessoas 
mas ninguém quis vir! trouxe-lhe uma árvore para lhe fazer companhia, só espero que não 
a aborreça com conversas que não interessam nada.

Para ir à prisão entregar uma prenda de Natal ao Duarte Lima use casaco azul petróleo, calça
vermelha e gorro cinzento na cabeça, estas três peças coloridas em conjunto
com a árvore que leva de prenda
provocam um bonito quadro natalício muito apropriado para a época.




fui à procura da Fanny para lhe perguntar : o que é que se passa com a cor da tua cara?





domingo, 25 de dezembro de 2011

o que não deve fazer para não seguir a tendência deste Natal, os incêndios!



 - O que não deve fazer para não seguir a tendência deste Natal,
 os incêndios! 


- Acender uma fogueira em casa só porque acha que que a sala ficava mais acolhedora 
se estivesse mais quentinha

          - Pôr a comida ao lume e logo a seguir sair de de casa para 
ir dar um passeio prolongado.

- Ficar sentado no sofá da sala quando todos os electrodomésticos começam a fazer faísca, 
a achar que as faíscas até dão um ar natalício á casa em vez de ir a correr 
desligar o quadro da electricidade.

- Pôr tudo o que lhe apetece no microondas só para ver o que acontece.

- Ir para dentro do microondas vestido com o seu fato de metal para ter sensações novas.

- Fumar e dormir ao mesmo tempo no sofá quando o sofá não está dentro de água.

- Levantar-se do sofá para apagar as luzes porque as labaredas do prédio devoluto ao lado da sua lhe iluminam a casa toda e voltar para o sofá em vez de ir fazer as
malas para sair de casa. 

- Queimar um móvel que já o anda a irritar à algum tempo dentro de casa, só 
porque é dia de Natal e não o pode deixar na rua e porque só 
no dia a seguir é que vai haver recolha de móveis e porque 
é contra os seus princípios fazê-lo nos dias em que não há recolha.

sábado, 24 de dezembro de 2011

de folga com o Natal na cabeça


para ficar de folga com o Natal na cabeça use uma árvore de Natal na cabeça

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Quando as crianças dizem o que nós queremos em banda desenhada



                com o Mateus. o Zef e o meu iPad que veste Prada

                                                                   

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Feliz Natal!

                                                                       
Para desejar Feliz Natal às pessoas 
use um casaco de cor vermelha e ponha o cabelo também ele de cor vermelha. 
o cabelo de cor vermelha deve ser arranjado de modo a que pareça uma árvore de Natal


tente também, estar sempre perto de papéis de parede que tenham pinheiros


                                         

               
         

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Quando os cães tem três patas


                                              com Mariana Perestrelo e Billy The Group

sábado, 17 de dezembro de 2011

acenda uma vela, realize um sonho, no Terreiro do Paço agora mesmo

 
1 vela é igual a 1 euro
se puder comprar só uma, compre só uma, se puder comprar mais que uma,
compre muitas

 vamos ajudar a construir a maior estrela de luz do mundo com 50.000 velas

 e vamos ajudar a construir a maior estrela do mundo porque esta estrela,
 vai ajudar as crianças,
os jovens, os adultos carenciados e os que tem doenças crónicas.


                  com Fábio Lopes, Terra dos Sonhos e no Terreiro do Paço
                                                                 

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

na varanda da Modalisboa e o beijo da Manuela

                                                                                                                       com
                                   Eduarda Abbondanza, Manuela Oliveira, Rita Costa Gomes,
                         José Ricardo Cabaço, Paulo Gomes, Fátima Barros e o manequim

                na Modalisboa Xmas Pop-up store até 23 de Dezembro


"A menina em desenho que era fascinada pelo Pedro Granger" terceiro e ultimo episódio

Ainda um pouco atordoada e mais fascinada que nunca, a menina em desenho que era fascinada pelo Pedro Granger, rodeou o estudio da Valentim de Carvalho de todas as maneiras que conseguiu e as maneiras com que conseguiu rodear o estudio foram;
por cima e pelos dois lados.
Como queria muito perceber o que se ia passar ali dentro do estudio, a menina em desenho, encostou as suas orelhas muito bem encostadas ás paredes do estudio, encostou-as por cima do estudio e pelos dois lados do estudio também
o que a menina em desenho que era fascinada pelo Pedro Granger conseguiu ouvir:

- teimoso
- pontual
 - Félix
 -  até dói
 - sabonete
-  céu
 - a fazer isto
 - porquê
-  Veiga
 -  ginástica
- Ramada Curto
 - sei o que fizeste
 - às cavalitas
 -  massa com qualquer coisa
 - queixava-se imenso
- fiquei a meio
 - renhónhónhó
- desde os meus 14
 - falo eu
 - força aérea
- me questiono
 - isso acontece muito
 - eu já gostei mais
 - devemos tentar arranjar
 - com o máximo respeito
 - carnaval
- ai ( suspiro)
- não mudou nada
 - sai daqui
 - vizinho
- repensar
- caracóis
 - ioioioio
- tem aquelas coisas
- matracadas
 - demoram
- muito à conta
- prédio
- falo eu
 - linguagem musical 
- porta-chaves
 - sabrinas
 - bigode
- rimel
 - leite
 - faísca
- papel
- ai jesus
- já não se usa
 - pescoço
 - ohhh amigo
 - máquina de lavar
 - adoro
- na cabeça
- e não sou eu
- ficaram assim
- Quintino
 - passa palavra
 - deixar de ter pena
- solidariedade
- a fazer novelas
 - óóó muito maluca
- não sei


        com Susana Félix, Pedro GrangerCinco Sentidos e RTP1
                  para ver  no proximo domingo dia 18 de Dezembro a seguir ao almoço